Comparado a Calvin e Mafalda, autor de Armandinho atrai fãs na Comic Con

  • Reprodução

    Comparado a Calvin e Mafalda, autor de Armandinho atrai fãs na Comic Con

    Tirinha do personagem Armandinho, criado pelo catarinense Alexandre Beck

Com quase 800 mil curtidas no Facebook e sete livros lançados, o catarinense Alexandre Beck, 42, criador da tirinha "Armandinho", ficou surpreso com o interesse do público da Comic Con Experience (CCXP) em seu trabalho. "Geralmente meu público são professores e pais. Não estou acostumado com o mundo geek", contou, em entrevista ao UOL.

Para uma plateia de quase 100 pessoas, Alexandre contou a sua história e também falou sobre como criou o personagem –um garotinho que faz comentários improváveis para sua idade–, há cinco anos. "O nome dele foi escolhido com a ajuda dos leitores. Armandinho é porque ele está sempre ‘armando’ alguma coisa", explicou.

Formado em agronomia, Beck é  casado com uma psicó...

Read More

Para quadrinistas, presença feminina traz mais diversidade nas histórias

  • Reprodução/Hitfix

    Para quadrinistas, presença feminina traz mais diversidade nas histórias

    Superman e a Mulher-Maravilha

O mundo dos quadrinhos pode ser tratado como um "clube do bolinha" por parte do público, mas as mulheres já são uma presença forte nos bastidores – e essa presença contribui tanto para ampliar a diversidade de histórias como para inspirar aquelas que querem seguir na área, de acordo com as quatro quadrinistas que falaram no painel "Mulheres na Cultura Pop", da Comi Con Experience (CCXP), em São Paulo.

Responsável pela nova fase da Mulher Maravilha na DC, Meredith Finch citou a importância de Gail Simone, uma das pioneiras desse universo. De acordo com a quadrinista, a presença de mulheres tem trazido novas perspectivas para o gênero...

Read More

Camarim com serviços de maquiagem e costura salva cosplayers desprevenidos

Vida de cosplay não é fácil. Maquiagem, roupas quentes e acessórios pesados podem transformar o hobby de se fantasiar como seu personagem favorito em um verdadeiro tormento. Não se depender da organização da Comic Con Experience e do canal SyFy, que criaram um espaço exclusivo para cosplayers com direito a espelho, cabides, pias e trocadores. Batizada de Camarim Cosplay, a área tambem oferece gratuitamente serviços de maquiadora profissional, vaporizadores para passar roupas, cola quente, agulha, linha e guarda-volumes.

Raphael Nastrini, 20, que estava fazendo cosplay do personagem Darth Maul, de "Star Wars, disse que o espaço é fundamental. "Eu levo duas horas para me produzir. E sempre preciso voltar para retocar...

Read More

“Precisamos de mais personagens brasileiros”, diz gerente da Marvel

  • Reprodução

    "Precisamos de mais personagens brasileiros", diz gerente da Marvel

    Mancha Solar, o personagem brasileiro dos quadrinhos da Marvel

A Marvel está dominando o mundo, mas pelo visto ainda não mirou diretamente no Brasil. Foi o que admitiu o gerente de relacionamento da Marvel Ricky Purdin, durante o painel "All-New All-Different Marvel Comics", na sexta (4), durante a Comic Con Experience (CCXP), ao concordar que a gigante dos quadrinhos precisa de mais personagens brasileiros.

Curtain fez a observação após ser cobrado por um fã, que apontou que apenas o Mancha Solar é brasileiro entre os principais personagens Marvel.

"É verdade, precisamos ter um herói brasileiro. Vi muita gente de cosplay aqui e estava curioso para ver personagens brasileiros, mas me dei conta de que não conheço nenhum", disse Purdin...

Read More

Querem “saci com perna cortada por samurai”, diz autor de mangá nacional

  • Reprodução

    Querem "saci com perna cortada por samurai", diz autor de mangá nacional

O mangá no Brasil, um dos segmentos dos quadrinhos que mais cresce no país, foi tema de um painel durante a Comic Con Experience (CCXP) neste sábado (5), em São Paulo. O bate-papo, que ocorreu no auditório Prime, contou com a participação de J. M. Trevisan, Érica Awano e Marcelo Cassaro, todos criadores do mangá nacional "Holy Avanger", além de Cassius Medauar, da editora JBC e Beth Kodama, da Panini.

Um dos pontos abordados durante a mesa foi a cobrança para que os criadores de conteúdo produzissem mangás com enredos tipicamente nacionais. "Querem que a gente faça histórias do tipo: saci tem perna cortada por samurai e vira mestre de kung-fu’", ironizou Trevisan. "O nosso mangá, infelizmente, ainda não tem uma ‘cara’...

Read More