Livro escrito por Hitler volta às livrarias brasileiras em meio a polêmicas

  • Reprodução/EPA/HO

    Livro escrito por Hitler volta às livrarias brasileiras em meio a polêmicas

    Capa da primeira edição de "Mein Kampf", assinada por Adolf Hitler

Em 1924, enquanto esteve preso, Adolf Hitler começou a escrever uma mistura de autobiografia com panfleto político no qual defendia as ideias extremas e absurdas, calcadas no racismo e no nacionalismo, que mais tarde seriam colocadas em prática enquanto esteve comandando a Alemanha. O livro "Mein Kampf" ("Minha Luta", em tradução livre), com cerca de 700 páginas, foi lançado em 1925, vendeu mais de 12 milhões de exemplares e se tornou uma das principais plataformas para a difusão das ideias nazistas.

Após o suicídio do ditador, em 1945, em Berlim, os direitos da publicação ficaram com o governo da Baviera, que vetou qualquer nova edição do calhamaço...

Read More

Museu em BH promove visita vendada em programação de férias

  • Miguel Aun

    Museu em BH promove visita vendada em programação de férias

    Visita vendada ocorre dias 13, 15, 20, 22, 27 e 29 de janeiro

O MAO (Museu de Artes e Ofícios), no centro de Belo Horizonte, conta com programação especial de férias até dia 29 de janeiro. Dentre as atividades estão visitas vendadas e visitas para cegos, além de oficinas de criatividade.

A entrada é gratuita aos sábados e no horário entre 17h e 19h de quartas e quintas. Nos demais dias e horários, a entrada tem valor de R$ 5 (inteira). Mais informações e inscrições estão no site do museu.

Com a proposta de oferecer uma experiência diferenciada com o acervo do museu e expandir a acessibilidade, o local oferece visitas para cegos e vendadas para o público vidente...

Read More

Exposição sobre o escritor Paulo Leminski chega ao Rio de Janeiro

  • Dico Kremer

    Exposição sobre o escritor Paulo Leminski chega ao Rio de Janeiro

    O escritor e poeta curitibano Paulo Leminski

Depois de passar por cidades como Curitiba e São Paulo, a maior exposição já feita sobre o escritor e poeta curitibano Paulo Leminski (1944-1989) chega ao Rio neste sábado (9), com abertura para convidados, e a partir de domingo para o público, na Caixa Cultural, centro do Rio. A mostra itinerante "Múltiplo Leminski" fica em cartaz na cidade até 6 de março, com entrada gratuita.

Dico Kremer/Arquivo pessoal
Exposição sobre o escritor Paulo Leminski chega ao Rio de Janeiro

Máquina de escrever de Paulo Leminski

Exposição sobre o escritor Paulo Leminski chega ao Rio de Janeiro A exposição reúne mais de mil objetos originais do artista – que também foi publicitário, crítico literário, tradutor, professor, músico e faixa preta de judô...

Read More

Dez estátuas mostram Snoopy em versão paulistana nas ruas de SP

O filme "Snoopy & Charlie Brown" chega aos cinemas no dia 14 de janeiro e, para celebrar, 10 estátuas do personagem Snoopy estará nas ruas de São Paulo a partir desta semana. O público poderá tirar fotos com o beagle até dia 18 de fevereiro.

Divugação
Dez estátuas mostram Snoopy em versão paulistana nas ruas de SP

Snoopy de mochila, indo estudar no CEU Butantã

Dez estátuas mostram Snoopy em versão paulistana nas ruas de SP As estátuas temáticas estarão posicionadas em lugares tipicamente paulistanos, como o Mercadão, a avenida Paulista, o bairro da Liberdade, entre outros.

O Snoopy poderá ser visto de quimono na Liberdade, como maquinista na Estação da Luz, passeando em frente ao Copan e na Praça da Sé, comendo sanduíche de mortadela no Mercado Municipal, vestido como índio na frente do Mosteiro São Bento, fazendo compras na rua Oscar Freire, indo estudar de mochila no CEU Butantã, ...

Read More

Mostras de Frida Kahlo, Zé do Caixão e Chiharu Shiota terminam no domingo

Este fim de semana é a última chance de conferir três exposições em cartaz em São Paulo: "Frida Kahlo – Conexões entre Mulheres Surrealistas no México", "Em Busca do Destino", da japonesa  Chiharu Shiota, e "À Meia-Noite Levarei Sua Alma", do Zé do Caixão.

Veja mais sobre cada uma das exposições abaixo.

Frida Kahlo
A exposição "Frida Kahlo – Conexões entre Mulheres Surrealistas no México" fica em cartaz no Instituto Tomie Ohtake até domingo com obras de Frida, mas também trabalho de outras artistas, mexicanas ou não, como Maria Izquierdo, Remedios Varo, Lenora Carrington, Alice Rahon, entre tantas outras.
A mostra soma cerca de 100 obras de 16 artistas surrealistas, entre as décadas de 1920 e 1940, no México.
Conexão, que está presente no nome da exposição, é um ...

Read More